Tobias Jesso Jr. escreveu com Adele “When We Were Young”, tema do álbum “25” da artista britânica.

Depois de um longo período a tentar vingar em Las Vegas, Tobias Jesso Jr. decidiu voltar para o conforto do lar em Vancouver. Este regresso a casa foi motivado por uma série de acontecimentos trágicos: um acidente de carro que provou alguns ferimentos ao cantor; o fim de um relacionamento; e o cancro da mãe.

A série de acontecimentos poderia ser inspiração para um qualquer argumento trágico, mas Tobias Jesso Jr. canalizou a experiência para as letras das canções.

Sem saber tocar, o cantor de 29 anos decidiu limpar o pó ao piano da sua irmã e começar a treinar. A falta de experiência está bem presente nos vídeos que partilhou no seu canal de Youtube. Apesar do amadorismo, “True love” ultrapassou as 200 mil visualizações. O vídeo da canção é ilustrado com uma foto de criança de Tobias e toda a composição transporta-nos para a infância, onde o pensamento é livre, onde a fragilidade está presente e não é defeito.

“Goon”, álbum editado em 2015, abre com “Can’t Stop Thinking About You”, com batidas próximas do bater do coração e que combina na perfeitção com o FM.

Todo o álbum é assim, como um romance dos tops comerciais das livrarias. Nas canções há clichés que passeiam pela dor de perder um grande amor. “How Could You Babe”, um dos singles, é uma balada que nos prende e que, apesar de triste, respira alguma nostalgia feliz nos acordes.

O cantor que inicialmente fracassou a escrever músicas pop, recorda o tempo que nunca mais volta, o pretérito dos sentimentos em cada canção, focando-se nas perdas e nas emoções que daí resultam. “Without you”, que poderia ser uma música John Lennon, é a expressão máxima da tristeza de perder alguém.

“Hollywood”, a sexta música do disco, é sobre os fracassos do cantor em Los Angels. O silêncio, a calma, a melancolia deixam-nos a vaguear por uma grande cidade deserta, onde só nos cruzamos com os sentimentos.

“Without You”, “Hollywood” e “How Could You Babe” são os três singles de “Goon”, e são reflexo do álbum que se adjectiva com a pureza lírica. É um fantástico baú de canções. É a melhor banda sonora dos intervalos da vida. É um tiro no coração e que pode levar qualquer um às lágrimas – todos os sentimentos são expostos de forma pura e dura.